Resenha: Filha da Ilusão, de Teri Brown

“”.

Oi, oi, gente!
Vamos retomar as resenhas dos livros lidos em 2018? Estou devendo algumas para vocês!
O primeiro livro que li esse ano foi “Origem“, do Dan Brown, então hoje venho falar sobre minha segunda leitura concluída, ainda lá em janeiro: “Filha da Ilusão”, primeiro volume da série Herdeiros da Magia, da autora Teri Brown (publicada aqui no Brasil pela Editora Valentina, 2014, 288 páginas).

~ Agora postarei aqui pelo blog todas as segundas, quartas e sextas. Os posts estão sem as imagens dos livros e quotes por enquanto, mas esse fim de semana tudo será atualizado e colocado no lugar, com fotos dos detalhes dos livros para vocês, ok? 🙂 Posts antigos foram apagados porque quero publicar a resenha logo que terminar de ler o livro; assim, atualizo vocês em tempo real das minhas leituras concluídas! Obrigada pela compreensão! :* ~

Eis a sinopse:

Ilusionista talentosa, Anna é assistente de sua mãe, a famosa médium Marguerite Van Housen, em seus shows e sessões espíritas, transitando livremente pelo mundo clandestino dos mágicos e mentalistas da Nova York dos anos 1920. Como filha ilegítima de Harry Houdini – ou pelo menos, é o que Marguerite alega – os passes de mágica não representam um grande desafio para a garota de 16 anos: o truque mais difícil é esconder seus verdadeiros dons da mãe oportunista. Afinal, enquanto os poderes de Marguerite não passam de uma fraude, Anna consegue realmente se comunicar com os mortos, captar os sentimentos das pessoas e prever o futuro.

Porém, à medida que os poderes de Anna vão se intensificando, ela começa a experimentar visões apavorantes que a levam a explorar as habilidades por tanto tempo escondidas. E, quando um jovem enigmático chamado Cole se muda para o apartamento do andar de baixo, apresentando Anna a uma sociedade secreta que estuda pessoas com dons semelhantes aos seus, ela começa a se perguntar se há coisas mais importantes na vida do que guardar segredos. Mas em quem ela pode, de fato, confiar?

Teri Brown cria, neste fantástico romance histórico, um mundo onde pulsam a magia, a paixão e as tentações da Nova York de Era do Jazz – e as aventuras de uma jovem prestes a se tornar senhora do seu destino.

O que achei:

“Filha da Ilusão” foi um livro que me fisgou inicialmente por dois motivos. O primeiro deles é por se passar nos anos 20, uma época que acho visualmente muito graciosa em todo o seu contexto histórico e musical, e amo! O segundo, por se tratar de um ambiente cheio de magia e um toque circense, temáticas que geralmente me atraem.

O livro, na minha opinião, é muito bem escrito, e senti muitas vezes como se estivesse vendo um filme. Os personagens são muito bem construídos, tem personalidades palpáveis e os cenários são super bem descritos, o que nos faz mergulhar de cabeça na história. O enredo, no entanto, demora um pouquinho para acontecer.

Aqui, temos a jovem Anna tentando levar uma vida “normal”. Depois de tantos anos vivendo praticamente como uma nômade com sua mãe, transitando em circos e lugares nada agradáveis, elas finalmente conseguem mudar o seu estilo de vida ao arranjarem um agente, o francês Jacques, o qual Anna aparentemente não gosta sem nenhum motivo aparente. Essa ideia de finalmente ter um lar e viver como as outras garotas de sua idade é o que fascina Anna. Mas como poderia ela ser assim tendo todos os dons que tem?

Anna tem uma relação meio conturbada com a mãe, que eu não consegui classificar. Por vezes, senti com se a mãe tivesse inveja dela, de sua juventude e talento, situação essa agravada ainda mais quando Anna se mostra cada vez mais especial. Esse foi um dos pontos fracos da minha leitura, haja vista que, nas visões aterrorizantes do futuro, a mãe da menina corre perigo. Mas, como não temos uma base de amor e cuidado maternal, acabei sentindo que faltou uma relação melhor entre elas duas, de forma que a gente pudesse de fato “se importar” com o futuro da personagem.

Além disso, temos um pequeno triângulo amoroso entre Anna e dois jovens rapazes que disputam sua atenção, sendo Cole aquele que faz o coração dela bater mais forte. No entanto, não senti química nenhuma entre o casal. Algumas atitudes de Cole são super estranhas, e o rapaz vive saindo e entrado de cena sem dar maiores explicações. Isso não gerou em mim uma empatia com o personagem, nem consegui visualizar o sentimento crescendo entre eles em meio a tantas atitudes suspeitas.

O livro nos ganha por ser muito visual em sua descrição. As sessões espíritas, os espetáculos, os bailes e as vestimentas da época são muito bem desenhadas em nossa mente e isso me ganhou – deu até um friozinho na espinha em alguns momentos!

Pesquisando, descobri que a série aparentemente tem apenas mais livro e um spin-off, ambos ainda não lançados no Brasil. O spin-off, conto de 64 páginas com acontecimentos entre os livros 1 e 2, traz uma história extra de Anna e sua amiga Cynthia, uma socialite destrambelhada que aparece já no primeiro livro. Eu particularmente amei as capas americanas (abaixo)! ❤

De forma geral, gostei muito da leitura, mas esperava um pouco mais de ação e química entre os personagens. Ainda assim, quero muito saber a continuação e como Anna vai lidar com seus poderes paranormais, sua relação com a mãe e seu relacionamento com Cole.

Minha nota: 3/5

E vocês, já leram esse livro? O que acharam? Adoraria saber a opinião de vocês, pois ainda não conheci outro leitor que tenha riscado esse livrinho da lista, rs.

Continue acompanhando o blog nas redes sociais:

Facebook – Instagram – Skoob – Twitter – Bloglovin’ – Canal Literamigas

Autor: Andresa Lee

28. Macapaense. Ama livros, jogos, doces, cães, Star Wars, conversas, nerdices e Netflix. Além de blogger literária no UDML, faz parte do canal Literamigas no Booktube.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s