Resenha: Alex + Ada, de Jonathan Luna e Sarah Vaughn

Oi, oi, gente!

Minha quinta leitura do ano, ainda na maratona literária na qual participei em fevereiro, não podia ter sido mais linda: a HQ “Alex + Ada”, de Jonathan Luna e Sarah Vaughn, publicada pelo selo Geektopia da Editora Novo Conceito (2017, 128 páginas).

alex_ada_capa_em_baixa

O quadrinho aborda um tema que adoro: a relação homem x máquina, em um sci-fi impressionante e com traços maravilhosos! Ele conta a história de Alex, um rapaz que anda solitário e bastante deprimido por conta do término de seu último relacionamento.

Ele vive em um mundo futurista onde a existência de robôs no dia a dia das pessoas já é algo comum e natural. Um dos últimos lançamentos, porém, são os X5, a última palavra em androides realistas que gera certa controvérsia na sociedade, por, em certas situações, “substituírem” os humanos em suas relações sociais. Mais ainda, existe o medo de uma iminente “revolução das máquinas”, após relatos de androides que começaram a se comportar de forma não-habitual.

Essa é a ultima coisa que Alex poderia querer em sua vida, até sua avó lhe presentear, no dia de seu aniversário, com Ada, uma robô do modelo X5. Alex até tenta devolvê-la, mas algo em Ada o faz querer permanecer com ela. O problema, além do julgamento de seus amigos, é que Ada parece humana, mas suas ações e reações são mecânicas: um reflexo do que Alex gosta, diz ou faz.

Será que é possível que Ada seja muito mais do que apenas um robô? Questionando tudo aquilo em que ele acredita, Alex parte em busca de experiências de outros donos de X5 e encontra em um fórum aquilo que estava procurando: uma ação ilegal pode despertar a senciência dos androides, tornando-os independentes, agindo e pensando por conta própria. Será que ele está disposto a seguir em frente, mesmo que Ada possa abandoná-lo e ele a perca para sempre?

O que achei:

Sou muito suspeita nessa resenha, pois se tem um tema que acho lindo (embora, eu sei, problemático) é a relação homem e máquina, e a capacidade dos humanos de se apaixonarem por robôs ou androides em uma busca de tentar suprir a ausência e a fragilidade das relações humanas. A inteligência artificial é algo fascinante, e tenho certeza que o futuro em “Alex + Ada” não está tão distante assim do nosso mundo atual – uma vez que as fronteiras do que é real e virtual muitas vezes se confundem.

É bem difícil falar sobre um volume tão curto, mas a HQ me fisgou desde os primeiros quadrinhos. O enredo é intrigante e os traços realmente encantadores, pois tem um “quê” de real e conseguem transmitir os sentimentos de forma magistral por meio dos traços e expressões faciais.

É possível também acompanhar a evolução dos personagens, o rompimento de suas barreiras e a mudança de paradigmas, tudo muito bem explicadinho e de fácil entendimento, desde a relutância de Alex a ficar com a Ada, a insatisfação dele com sua condição robótica, o conhecimento da senciência por meio de outros personagens que aparecem na trama e o final que deixa a gente com o coração quetinho – e que não merece ser comentado para deixar vocês com aquela expectativa para ler e curtir a HQ.

Quanto à edição, amo o trabalho da Geektopia. A capa é dura e em verniz, e a arte simples pode não chamar tanta atenção no início, mas gostei muito da delicadeza e do minimalismo. A qualidade das páginas é excelente, em papel semelhante ao fotográfico, com fontes em bom tamanho para leitura.

Não sei ao certo quantos volumes serão lançados no Brasil. Nos EUA, 13 foram publicados. Aqui, até agora só temos o primeiro volume, com previsão de publicação do segundo ainda em 2018 – e não vejo a hora de lê-lo. Creio que ainda vem muita adrenalina, romance e sci-fi por aí, então recomendo bastante para quem ama o gênero!

Minha nota: 5

Já leram ou se interessaram pela HQ? Deixem a impressão de vocês que vou amar saber se alguém sentiu o mesmo que eu! ❤

Beijos e até a próxima!

Continue acompanhando o blog nas redes sociais:

Instagram – Skoob – Twitter – Bloglovin’ – Canal Literamigas

Autor: Andresa Lee

30. Macapaense. Ama livros, jogos, doces, cães, Star Wars, conversas, nerdices e Netflix. Além de blogger literária no UDML, faz parte do canal Literamigas no Booktube.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s