Resenha: Beautiful Broken Mess, de Kimberly Lauren

“A única coisa que eu consigo ver é ela. A única coisa que eu consigo cheirar é ela. A única coisa que eu consigo sentir é… ela”.

Oi, oi, gente!

Já postei aqui para vocês a resenha do primeiro volume da Série Broken, chamado “Beautiful Broken Rules“. Demorei bastante para ler o segundo volume (explico melhor abaixo) e me arrependi muito, porque simplesmente se tornou meu new adult favorito da vida! ❤

Em “Beautiful Broken Mess“, da Kimberly Lauren (publicado pela Montlake Romance, 2015, 291 páginas), conhecemos melhor Jace Riley, irmão gêmeo de Jax (protagonista do primeiro livro), e também somos reapresentados a uma pessoa do passado de ambos que nos irrita bastante e traz vários problemas para os personagens que a gente ama no primeiro livro: a Audrey Mills. Sim, você leu certo!

beautiful broken mess bookAcontece que ela e Jace tiveram um romance delicado e cheio de paixão no passado, até Audrey quebrar o coração dele. Anos depois, ela ainda pensa em Jace, mas nenhum rapaz jamais será capaz de resgatá-la da terrível vida doméstica que ela tem… Então, ela resgata a si mesma. Em meio a muitas dificuldades, Audrey consegue terminar seus estudos e ir para a faculdade, tudo isso para dar de cara com Jace e Jax. O problema é que ela e Jax também tem uma história complicada…

Não demora muito para que os sentimentos de Jace reapareçam. Porém, ele está determinado a não se apaixonar novamente. Afinal, essa é a garota que o magoou e, de quebra, ainda traiu seu irmão. Ou pelo menos é isso que ele pensa. Mas e se Jace estiver sendo injusto e cometendo um erro terrível sobre Audrey? E se ele tiver só mais uma chance de consertar as coisas com ela?

O que achei:

O segundo livro da série Broken me deixou dividida, pois soube, por meio da sinopse, que esse era o tipo de continuação que não contava com os personagens principais do primeiro livro. Quando soube também que contaria a história da relação de Jace e Audrey, minha boca caiu e pensei: “Como assim?! Depois de tudo que ela fez?!”. Fiquei com medo de ler, odiar e acabar desgostando da série, mas, ainda assim, fiz questão de ao menos tentar. E como fiz uma boa escolha!

Uma parte da personalidade de Jace já havia sido revelada no primeiro livro: um cara mais centrado, calado, estudioso e calmo, bem diferente dos outros dois rapazes do grupo, os mulherengos Jax e Cole. Faltava conhecer a Audrey. Logo no início, somos levados pro passado dela e fiquei surpresa mais uma vez por encontrar um universo tão diferente do 1º livro! Esperava encontrar uma Audrey caprichosa, mesquinha, mentirosa e etc., mas foi exatamente o contrário.

Sem o amor e o carinho dos pais, sem oportunidades de estudo e ainda sofrendo com crises de violência de seu pai bêbado, a vida dela é uma batalha diária desde que ela se entende por gente. Como se não bastasse, depois que ela começa a trabalhar, ainda é explorada pelo pai. Ela não tem tempo de se divertir, não tem amigos, não tem uma alimentação decente e sequer vive como as outras adolescentes da sua idade. Tudo na vida dela é uma bagunça, mas, certo dia, um pequeno acidente é a melhor coisa que acontece com ela: Jace, que está saindo de uma livraria (!) com uma caixa enorme nas mãos, não a vê e acaba a derrubando no chão, quebrando todas as compras que ela havia feito para casa.

Enquanto tenta acalmá-la levando-a a um café (uma das primeiras experiências de Audrey num local como esses), os dois começam a se conhecer e pronto: o encontro deles é tão repentino quanto a atração instantânea que eles sentem um pelo outro! Nesse mesmo dia, ao se despedirem, Jace convida Audrey para ir a uma festa na casa de seu amigo Cole, para que os dois se encontrem novamente.

Só que o pior acontece: como Audrey não sabia que Jace tinha um irmão gêmeo, acaba caindo nos braços de Jax, o irmão errado! Ao ver a cena, Jace não reage, por imaginar que ela estava com raiva dele ou algo do tipo, e deixa a situação seguir em frente. Quando Audrey descobre a verdade, é tarde demais, pois Jace desiste da relação dos dois. Assim, já que ele não a queria mais, ela e Jax acabam namorando, mesmo sem sentimento, por conta de um acordo mútuo (imaturo e bobo) que beneficiaria ambos: ela poderia sair mais de casa e ele não teria a mãe sempre no seu pé.

No desenrolar da história, muita coisa ruim ainda acontece com Audrey. E muita coisa boa também! Não tem como parar de ler até descobrir finalmente o que aconteceu com ela – e fiquei totalmente abismada!

Um dos pontos mais legais desse livro é a narrativa. Embora seja em 1ª pessoa, cada parte do livro tem ora o ponto da vista da Audrey, ora do Jace. Que sacada incrível! Foi muito bacana poder entrar na cabeça de ambos e ver o que eles estavam pensando. Na época que li esse livro, ainda não tinha tido nenhum experiência anterior estrutura semelhante.

Além disso, o livro aborda temas bem mais “pesados” que o primeiro, como violência e estupro. É uma lição sobre como mal entendidos podem causar um mal enorme. Como não procurar saber a verdade pode deixar marcar profundas em alguém. É um convite a uma reflexão que adoro: perdemos muito tempo com coisas fúteis e sentimentos ruins, como o orgulho.

beautiful broken promises book

Porém, os elementos felizes característicos da série também estão lá: o forte laço de amizade deles é contagiante! E eu amei! Fiquei super feliz de encontrar novamente meus personagens favoritos de todos os tempos: Em, Jax, Quinn e Cole! Além disso, a gente também presencia o futuro deles após o primeiro livro. Um outro personagem também surge pra roubar a cena: Lane, o melhor amigo, super protetor e misterioso, da Audrey. Ela, por sua vez, se tornou minha heroína literária, sério! Após todo o drama que ela passou, gostei da mensagem de que tudo pode ser superado com amor, principalmente o amor-próprio! Ela é tão forte que me senti contagiada!

Por ser um NA, o conteúdo, assim como no primeiro livro, é levemente hot e recomendado para maiores de 18 anos. Este volume também não foi traduzido e lançado no Brasil, porém você pode encontrá-lo em inglês tanto em formato e-book como paperback na Amazon. Indico bastante pra quem está iniciando e se aventura em leituras no idioma, mas o linguajar jovem é bem fácil de compreender e recomendo bastante a leitura pra quem gosta de new adult! Vale a pena MESMO!

Agora falta apenas ler o terceiro e último volume da trilogia, o “Beautiful Broken Promises“, que contará a história do melhor amigo de Audrey! ❤ Empolgada sim ou com certeza?

NOTA: 5

Vocês já conheciam essa série? O que acharam da protagonista?

Beijos e até a próxima!

Continue acompanhando o blog nas redes sociais:

Instagram – Skoob – Twitter – Bloglovin’ – Canal Literamigas

 

Anúncios

Autor: Andresa Lee

30. Macapaense. Ama livros, jogos, doces, cães, Star Wars, conversas, nerdices e Netflix. Além de blogger literária no UDML, faz parte do canal Literamigas no Booktube.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s