Resenha: A Educação de Sebastian, de Jane Harvey-Berrick

“Tudo tinha um preço; cada olhar, cada beijo, cada toque roubado. Parecia desesperadamente injusto. Eu não queria viver sem amor. Por que deveria?”

Oi, oi, pessoal!

Eu sempre quis ler esse livro, por algum motivo – acho que o tema romance de mulher mais velha com homens mais novos me chama bastante atenção -, então ano passado finalmente consegui finalizar “A Educação de Sebastian“, de Jane Harvey-Berrick, publicado pela Editora Novo Século (2015, 382 páginas). Foi minha 18º leitura de 2018!

a educação de sebastian livro

Esse é o primeiro volume de uma duologia chamada “The Education of…” (“A Educação de…”) e conta a história de Caroline Wilson, uma mulher de 30 anos que vive um casamento frio e sem paixão com David, um militar. Seguindo o marido para onde quer que ele vá, sua “função” como esposa, os dois se mudam para San Diego, local onde já haviam morado anos antes. Perdida com sua nova vida, ela reencontra Sebastian, agora com 17 anos, que ela havia conhecido ainda garoto. Filho de pais violentos e alcoólatras, o jovem destoa totalmente da família: é sensível, gentil, inteligente… Entre eles surge uma paixão avassaladora. Mas vale a pena se arriscar por um amor proibido?

“Ele tinha aberto meus olhos para um mundo de possibilidades, para um mundo em que eu podia ser amada por mim mesma, mas será que minha nova vida seria com ele? Eu tinha medo de acreditar.”

O que achei:

A Educação de Sebastian” é um livro que mexeu muito comigo e adorei cada momento da leitura, ou seja, toda a expectativa que criei em cima dele foi suprida. A escrita da autora é apaixonante e muito gostosa, fácil de ser entendida e absorvida. Ela te transporta para toda a enxurrada de drama e paixão que cerca a vida do casal Carol e Seb, por isso fiquei dias e mais dias pensando neles mesmo depois de ter fechado o livro.

Caroline é uma personagem bem peculiar. Vi muito leitores que a acharam imatura, o que ela é de fato, mas entendi seu ponto de vista e seu jeito de ser. Casada desde os 19 anos com David, ela está acostumada a ser a “esposa decorativa”. Ela é basicamente uma empregada para o marido, e satisfaz suas necessidades quando ele quer. Ela se tornou adulta vivendo nesse relacionamento abusivo com David, que é um personagem odioso. Logo, como poderia ela não ser ingênua sendo tolida por anos a agir por conta própria?

Sebastian também tem uma vida marcada por violência, e de seus próprios pais, incluindo abusos tanto físicos quanto morais. É de partir o coração! Os dois se encontram em um momento delicado para ambos, o que torna a paixão entre eles dolorosa e urgente.

“Começava a compreender o que significava ser amada. Era apavorante.”

Acompanhamos, então, a busca de Caroline pela independência e por sua própria voz. Seb desperta nela uma nova vontade de viver, um valor diante a vida que ela não sabia que tinha. Ela, por sua vez, desperta nele a vontade de mudar seu futuro. O grande problema é que o relacionamento deles é proibido, não só por Caroline ser casada, mas por Seb ser menor de idade, o que é um crime.

Não há muito que se falar da história porque ela é basicamente um clichê. Porém, há no livro uma peculiaridade muito legal que é o relato de Caroline sobre o estilo de vida das famílias do marines, os militares norte-americanos. Há, também, uma forte influência italiana na história, pois essa é a nacionalidade de Caroline e sua família, e muitas coisas sobre surfe, um dos esportes preferidos de Sebastian e seus amigos.

Apesar de tudo o que o livro sugere, eu realmente não sabia que o conteúdo dele seria tão erótico. Tem muitas, muitas cenas quentes MESMO e, até um certo ponto, elas estavam ok, porém a dosagem acabou sendo alta demais. Tem momentos em que nem há espaço entre elas e, mais ainda, a autora praticamente as repete em outros momentos. Esse talvez tenha sido o ponto mais negativo que encontrei na história e é o que justifica minha nota.

“Escolhi o amor em vez das leis. E eu não me importava.”

Mesmo assim, é gostoso acompanhar o sentimento deles crescendo e se tornando cada vez mais intenso, indo além do desejo. A escrita da autora tem um poder grande de nos transportar e sentir toda a dor, angústia, medo e amor dos personagens.

Em resumo, foi uma leitura muito agradável, apesar do porém que citei acima. As mais de 300 páginas passam voando e a gente não só se emociona como torce muito pelos dois, para que se libertem de todos os abusos e perseguições sofridos.

O final é um grande tapa na cara. Quando o li, não sabia que havia continuação e isso tornou o virar da última página muito doloroso, rs. Pretendo ler o próximo volume para saber o que mais vem por aí na história desse casal – e se a continuação era de fato necessária.

“Há algo de muito tranquilo no oceano. Por que será? O movimento é perpétuo, ele nunca está parado, e ainda assim é uma agitação tranquilizadora, pacífica, um movimento contínuo e inquieto. Mesmo a fúria de uma tempestade de inverno tem algo que manda embora os problemas, ainda que por um curto período.”

O li em e-book, portanto não há como opinar sobre a edição física. Apesar de termos a imagem de um casal na capa, eles em nada remetem à Carol e ao Seb que construí na minha cabeça, rs. Ainda assim, gostei bastante da capa e foi ela quem me chamou atenção à princípio, antes que eu finalmente lesse o livro. Também destaquei as seguintes quotes:

  • “O que havia na bondade de estranhos que me dava vontade de chorar?”;
  • “O desconhecido era apavorante.”;
  • “(…) quanto custava a liberdade?”.

Recomendo bastante para quem ama histórias sobre paixões avassaladoras, amores proibidos e muito drama, com uma grande camada de erotismo cobrindo tudo isso!

NOTA: 3

Compre o livro na Amazon: Físico / E-book

E vocês, já leram ou conheciam essa série? Faz o estilo de leitura de vocês?

Beijos e até a próxima!

Continue acompanhando o blog nas redes sociais:

Instagram – Skoob – Twitter – Bloglovin’ – Canal Literamigas

Comprando pelos links da Amazon vocês ajudam o blog a crescer cada vez mais com uma pequena comissão, sem pagar nada a mais por isso!
Anúncios

Autor: Andresa Lee

30. Macapaense. Ama livros, jogos, doces, cães, Star Wars, conversas, nerdices e Netflix. Além de blogger literária no UDML, faz parte do canal Literamigas no Booktube.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s