Sessão Pipoca #2

Oi, oi, gente!

Como vocês estão?

Eu adorei a receptividade que o primeiro post sobre filmes teve (AQUI), então aqui estão mais alguns que vi lá pelo início do ano. Vou postando as Sessões Pipoca até estar em dia com vocês (enquanto isso, vou anotando tudo que assisto, rs)! ❤

  • Love Steaks (2013)

love steaks

Sinopse: Um refinado hotel é o cenário do primeiro encontro entre o casal Clemens (Franz Rogowski) e Lara (Lana Cooper), ambos com diferentes objetivos a serem alcançados. Por trabalharem no mesmo local, os encontros serão inevitáveis. Juntos, eles descobrirão uma nova trilha a ser seguida.

O que achei: Essa sinopse não diz tanto sobre o filme. De forma geral, conta a história de “amor” entre um massagista tímido e uma chef alcoólatra, que trabalham no mesmo local e acabam se envolvendo de forma intensa e estranha, atrapalhando a vida pessoal e profissional de ambos. É uma produção independente alemã. Sinceramente? Achei o filme horrível! Ele é bem bizarro e possui quase duas horas de duração que não vou recuperar, rs. Os personagens parecem estar sempre sujos e a relação deles é super tóxica, principalmente por conta de Lara, uma vez que Clemens aparenta ter algum tipo de deficit (ele é bastante inocente e acaba fazendo coisas inapropriadas ou deixando que ela conduza seus comportamentos). Há quem veja poesia no filme, mas eu fui uma exceção.

Onde assisti: Netflix

  • Newness (2017)

newness

Sinopse: Na atual Los Angeles, duas pessoas, Gabi (Laia Costa) e Martin (Nicholas Hoult), embarcam em uma trajetória emocional curiosa em rede, que acaba gerando um relacionamento que aflora neles condições emocionais e físicas extremamente intensas.

O que achei: Esse filme traz um plano de fundo muito interessante para debatermos sobre os relacionamentos na era digital. Aqui, temos um casal que procura algo diferente e que, por um momento, encontram apenas um no outro. Mas isso seria suficiente? Estamos destinados a viver com apenas uma pessoa ou é possível se relacionar com mais de uma ao mesmo tempo, sem mágoas e mantendo os sentimentos intactos? Relacionamentos abertos funcionam? Até onde podemos nos abrir para nossos parceiros e confessar nossos desejos mais profundos? Às vezes, principalmente no mundo tão tecnológico no qual vivemos, onde as barreiras são tão pequenas, pensamos que a grama do vizinho é mais verde. Será mesmo? Apesar do conteúdo +18, recomendo bastante pra quem curte essas reflexões! Me deixou angustiada!

Onde assisti: Netflix

  • Polar (2019)

polar netflix

Sinopse: Duncan Vizla (Mads Mikkelsen) se aposenta quando seu antigo empregador o marca como uma responsabilidade para a empresa. Contra sua vontade, ele logo se vê perseguido por um exército de assassinos mais jovens, mais rápidos e implacáveis ​​que não vão parar em nada para vê-lo silenciado. Não tendo mais escolha do que voltar à vida sombria que ele pensou ter deixado para trás, ele deve usar seu arsenal de habilidades mortais para superar seus inimigos e proteger uma mulher inocente.

O que achei: Polar é a adaptação do quadrinho de mesmo nome que, infelizmente, nunca li. Ele tem uma história que já estamos acostumados, semelhante a “John Wick”, do cara aposentado que tem que matar todo mundo que agora está atrás dele enquanto tenta salvar uma inocente. É tiro, porrada e bomba pra todos os lados! A “turma do mal” tem um visual bem excêntrico que eu adoro. O final tem uma reviravolta muito interessante! No fim das contas, eu gostei! Destaque para Vanessa Hudgens, nossa mocinha, que está irreconhecível!

Onde assisti: Netflix

  • Jurassic World: Reino Ameaçado (2018)

Jurassic World Reino Ameaçado.jpg

Sinopse: Três anos após o fechamento do Jurassic Park, um vulcão prestes a entrar em erupção põe em risco a vida na ilha Nublar. No local não há mais qualquer presença humana, com os dinossauros vivendo livremente. Diante da situação, é preciso tomar uma decisão: deve-se retornar à ilha para salvar os animais ou abandoná-los para uma nova extinção? Decidida a resgatá-los, Claire (Bryce Dallas Howard) convoca Owen (Chris Pratt) a retornar à ilha com ela.

O que achei: Essa é a sequência de “Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros” (2015), que assisti no ano passado. Amo tudo com dinossauros e os efeitos especiais estão ótimos. O filme gira em torno da grande questão moral de deixar os animais morrerem novamente, causando sua segunda extinção, ou salvá-los. Mas como viveremos em uma nova era jurássica? Não gostei do filme. É uma grande forçação de barra sobre fazer o que é certo em detrimento da vida de milhões de pessoas – e, pior, decisão essa tomada por um grupo mínimo de pessoas. É um diálogo bem mais profundo que poderia ser debatido de forma mais intensa no filme, pois não se trata uma escolha simples. Também não gostei da descaracterização da personagem Claire, que, no primeiro filme, não dava a mínima para os dinossauros para, a seguir, se tornar uma ativista da causa animal, rs.

Onde assisti: TV por assinatura

  • EXTRA: Trilogia Jurassic Park

Jurassic Park.jpg

Como disse acima, eu AMO filmes com dinossauros e essa trilogia, sem dúvida, é uma das minhas preferidas! Assisti tudo de uma vez em um canal de TV a cabo, que não recordo agora qual foi, e passei o dia maratonando esses bebês. Resolvi não listá-los e colocar como extras pois, com certeza, MUITA gente já assistiu! Listarei apenas os filmes que assisti pela primeira vez na lista principal! 😉 Ainda assim, segue a sinopse e a sequência dos filmes para quem porventura não conhecer. Ah, o meu preferido é o primeiro, mas também adoro o terceiro e as novas espécies que foram adicionadas ao enredo. O segundo é o que menos gosto, pois, pra mim (isso vai soar meio ridículo em se tratando de dinossauros), foi o mais “irreal”, rs – além de não contar com o elenco do primeiro.

  • Jurassic Park: O Parque dos Dinossauros (1993): O Dr. John Hammond (Richard Attenborough) possui uma equipe de cientistas para descobrir um método cientifico de regenerar dinossauros através do DNA que eles encontram em âmbares preservados. Com isso ele cria um parque temático chamado Jurassic Park, onde todos são bem vindos para ver o passado retornar a vida. Dr. Hammond convida seus netos, Dr. Alan Grant (Sam Neil), Dra. Ellie Sattler (Laura Dern) e Ian Malcolm (Jeff Goldblum) para serem os primeiros à testemunhar a sua criação. As coisas começam a ir mal quando um empregado, Nedry (Wayne Knight), desativa o alarme de segurança e o mecanismo de defesa na tentativa de roubar espécies para revendê-las. Os dinossauros estão livres e as pessoas precisam lutar por suas vidas ou virar refeição para os ferozes Tiranossauros.

  • O Mundo Perdido: Jurassic Park (1997): Quatro anos após a catástrofe de Jurassic Park, expedições com interesses diferentes são enviadas para recapturar espécies de dinossauros que sobreviveram na ilha. Os grupos se encontram em meio ao perigo, e percebem que precisam se unir para conseguir sobreviver.
  • Jurassic Park III (2001): O renomado paleontologista Dr. Alan Grant (Sam Neil) decide acompanhar um aventureiro abastado (William H. Macy) e sua esposa (Téa Leoni) numa visita aérea a Isla Sorna. o território da InGen onde outrora foram criados seres pré-históricos. Eis que, inesperadamente, ficam impossibilitados de sair da ilha, e o Dr. Grant descobre que os seus anfitriões não são bem o que parecem… E os habitantes nativos da ilha são mais espertos, mais rápidos e mais ferozes do que se pode imaginar.

Onde assisti: TV por assinatura

E aí, vocês já viram algum desses filmes?

Comentem aqui e me indiquem filmes também que vou amar ver e dividir minha opinião com vocês! Ah, eu sempre falo sobre meus assistidos no Filmow!

Um grande beijo a todos e até a próxima!

Continue acompanhando o blog nas redes sociais:

Instagram – Facebook – Skoob – Twitter – Bloglovin’ – Canal Literamigas

Anúncios

Autor: Andresa Lee

30. Macapaense. Ama livros, jogos, doces, cães, Star Wars, conversas, nerdices e Netflix. Além de blogger literária no UDML, faz parte do canal Literamigas no Booktube.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s