Resenha: A Sociedade Secreta, de Catia Mourão

“Todos esperam que eu siga o padrão, entende? Namoro, noivado, casamento, filhos. Tudo que torna uma mulher respeitável. É isso que esperam que eu seja. Qualquer coisa fora do padrão soa como se eu estivesse louca. E quando tento explicar que não quero nada disso, invariavelmente sou criticada ou recebo conselhos como se estivesse perdida, não soubesse o que estou falando. Mas eu sei exatamente o que quero e a limitação de uma relação estável é o último item na minha lista de prioridades. Se uma mulher precisa disso para ser respeitável, então acho que estou mesmo fadada a ser uma vadia.”

Oi, oi, gente!

Como vocês estão? Muitas leituras nesse finalzinho de julho?

Hoje vim comentar com vocês minha 23ª leitura do ano: “A Sociedade Secreta“, de Catia Mourão (2018, 308 páginas). Li esse livro por e-book, em parceria com a Ler Editorial, e me surpreendi bastante!

a sociedade secreta

O livro basicamente acompanha a vida sexual de alguns personagens que, à princípio, se encontram em anonimato. São eles: a Senhora V, o Senhor F, a Senhorita M e o Senhor P! Por trás desses nomes, existe uma história muito interessante a ser contada, que vai se revelando a medida que avançamos na leitura.

A Senhora V, por exemplo, é uma esposa e mãe dedicada. Ignorada pelo marido a maior parte do tempo, ela se revela uma mulher insatisfeita com a vida conjugal, que já dura mais de uma década. Ao conhecer o Senhor P, um empresário charmoso e bem sucedido, ela encontrará nele a chance de realizar seus sonhos mais loucos, dentro de uma Sociedade Secreta. Mas será que a relação entre eles se resume apenas a uma aventura sensual?

O Senhor F, por sua vez, é um homem de comportamento questionável, que não esconde sua necessidade de fugir do comum em busca de satisfazer seus gostos peculiares. Casado com a Senhora V, ele mantém uma vida dupla através da Sociedade, onde a entrega aos prazeres do sexo não conhece limites.

Por fim, temos a misteriosa Senhorita M, que, sob a máscara de mulher independente, avessa a relacionamentos e interessada apenas nos prazeres proporcionados pelo sexo sem compromisso, esconde uma jovem dividida entre seu desejo de liberdade e a necessidade de se adequar às regras sociais impostas pela carreira política do pai.

O livro tem um desfecho surpreendente e inusitado, que vai muito além do erotismo, onde acompanhamos a história dos personagens, suas aventuras, motivações e as consequências de seus atos.

“― Precisa fazer alguma coisa antes que acorde um dia, se olhe no espelho e descubra que chegou aos cinquenta, e que passou a vida inteira sem saber quem realmente é. Precisa se aventurar um pouco.”

O que achei:

E se você soubesse que existe um lugar onde pode realizar todas as suas fantasias, mesmo aquelas imensuráveis? Onde é possível testar seus limites e ir além, sem correr o risco de se expor ou ter sua identidade revelada?

Esse lugar existe, ao menos no meio literário, e se chama Sociedade Secreta, um local onde as pessoas, mascaradas, podem vivenciar diversas experiências sexuais, sem o medo de serem descobertas. Como a sinopse diz, acompanhamos de perto a vida de 4 personagens que começam a integrar essa sociedade e, ao longo da trama, muito segredos de tirar o fôlego serão revelados!

“Um homem não pode ter tudo, do contrário, corre o risco de se tornar soberbo.”

Esse é, sem dúvida, o livro mais hot que já li! Pra quem não gosta do gênero e já pensou em dar uma chance, não recomendo que comecem por ele. As cenas sexuais são muito frequentes, BASTANTE explícitas e descritivas (muitas vezes com palavras de baixo calão), o que, sinceramente, pode assustar os leitores mais desavisados. Pra quem ama o gênero e já está acostumado, aí sim, RECOMENDO MUITO!

Embora, como disse, seu conteúdo seja basicamente sexual, há uma história por trás de cada personagem que é muito gostosa de acompanhar, como se a gente estivesse espiando a vida alheia só no aguardo dos momentos de tensão depois das grandes revelações!

“Senti-me participando de um filme de suspense, daqueles onde a mocinha está prestes a entrar no local onde todos sabem que está escondido o assassino, menos ela. Mas não podia negar o quanto tudo aquilo era excitante.”

A escrita da autora é muito boa e é possível definir com clareza a personalidade de cada personagem, que possuem capítulos dedicados individualmente a trama de cada um deles. Não sabia muito bem aonde o livro iria chegar, mas do meio para o final tem um plot twist muito curioso e confesso que adorei a relação entre os personagens! Eu AMEI todos, em especial o Senhor P, que se revela um mocinho completamente apaixonante. Acompanhar a evolução dele foi um dos pontos fortes da minha leitura. Definitivamente não estava esperando essa reviravolta e, contrariando o que pensei que fosse sentir, foi uma grata surpresa.

De forma geral, “A Sociedade Secreta” é muito mais que um livro hot e é possível tirar dele ótimas lições. A primeira delas é, sem dúvida, a valorização dos nossos relacionamentos. Tem-se aquela impressão de que a grama do vizinho sempre é mais verde, não é? Mas, muitas vezes, a gente só não presta atenção ao que está bem na nossa frente. Muitas vezes, os relacionamentos fracassam por os companheiros não estarem atentos às necessidades uns dos outros, sejam elas emocionais e até mesmo sexuais. A falta de diálogo e de zelo pela relação pode trazer consequências drásticas.

“De perto, todas as pessoas se encaixam em alguma forma de perversão. Mas, geralmente, não compartilham suas fantasias com ninguém, por puro receio de não serem aceitas pela sociedade comum. Estão sempre tentando estabelecer um padrão de normalidade para o sexo, quando, na realidade, deveriam aceitar de forma natural aquilo que as excita e se entregar aos seus impulsos.”

Outro ponto bastante interessante é com relação a nossa própria vida sexual. Vivemos em uma sociedade onde o prazer é considerado um grande tabu. Prova disso, no livro, é que as pessoas tem que se mascarar para revelarem por completo todos os seus desejos – e isso também acontece na nossa vida real. O livro também é um convite para repensarmos se estamos nos deixando reprimir por medo dos julgamentos alheios e do nosso olhar sobre nós mesmos, fazendo um autojulgamento desnecessário. No caso das mulheres, o assunto fica mais delicado ainda, uma vez que a mulher independente e liberal é vista com olhos condenadores pela sociedade. Vale a pena refletir sobre isso.

Por fim, há também uma análise muito interessante sobre o poliamor. Vocês acham que é possível amar duas pessoas ao mesmo tempo? Eu não tenho certeza do que penso sobre o assunto, mas tive uma visão bem mente aberta e livre de julgamentos. Lógico que as coisas no meio literário sempre têm um final feliz e, pessoalmente, há muito mais que se trabalhar no emocional e no psicológico das pessoas envolvidas nessa prática, mas não deixa de ser um assunto muito bacana pra se pensar e se discutir.

“De repente, dei-me conta de que eu havia negligenciado suas necessidades. Nunca questionei sua postura em nosso casamento, sequer tentei inseri-la em meu mundo. E agora, o choque de vê-la naquela situação inimaginável roubou-me a visão dos dias comuns, da esposa que esperava tranquila em casa, enquanto eu desfrutava, sozinho, os prazeres que o mundo podia proporcionar. Pela primeira vez, enxerguei minha mulher como ela era realmente e essa visão foi altamente estimulante. Surpreendê-la transando com outras pessoas revelou um desejo que violava todas as normas aceitáveis de conduta. Ao mesmo tempo, saber que ela podia sentir tanto prazer sem minha participação me fez perceber o quanto nossa relação era frágil, apesar de tão antiga. Nada era estável. O futuro deixou de ser garantido, passou à posição de algo a ser conquistado. Agora, eu precisaria me esforçar para mantê-la ao meu lado.”

Viu só como os livros hots não são só um rostinho bonito? Rs! Sobre a edição, infelizmente não pude ver a física, mas a diagramação do e-book está excelente, sem erros de digitação, ortografia ou pontuação que atrapalhem a leitura. Também gostei muito da linda capa! Marquei muitas quotes pelo meu e-book que compartilhei ao longo do post. Perdoem o tamanho delas, mas as achei interessantes demais para não serem destacadas. Elas também refletem muito dos pontos que observei acima e servem para ilustrá-los. A última, sobre os livros, é a minha preferida! Outras que merecem aparecer por aqui:

  • “Aproximei-me um pouco e contive o impulso de tocá-la. Não sei por quanto tempo fiquei ali, parado ao lado de sua cama, observando-a, mas foi o suficiente para ter certeza de que deixá-la não seria tão fácil como costumava ser com as outras”;
  • “— Acha possível alguém amar uma pessoa e mesmo assim, apaixonar-se por outra? ― ela perguntou, de repente”;
  • “Ela correu os olhos pelos livros, organizados em uma estante ao fundo. — Já leu todos eles? — Quis saber, retirando um dos exemplares da prateleira e folheando-o. — Gostaria de dizer que sim, mas, infelizmente, não tive tempo de ler nem a metade. Talvez nunca consiga ler todos, mas é um vício comprá-los. Gosto de tê-los por perto. — Eu adoro ler! É meu passatempo preferido — ela comentou, erguendo o livro aberto e inalando suas páginas. Em seguida, o fechou e devolveu à estante. Observei o gesto, surpreso. Havia tanto sobre aquela mulher que eu ainda não sabia e estava ansioso para aprender tudo sobre ela. — Pode pegá-los sempre que quiser — ofereci, buscando seus olhos. Ela retribuiu meu olhar.”

NOTA: 4

E vocês, já conheciam esse livro ou ficaram interessados pela proposta? O que acharam? Vou adorar saber a opinião de vocês! ❤

Um grande beijo a todos e até a próxima!

Continue acompanhando o blog nas redes sociais:

Instagram – Facebook – Skoob – Twitter – Bloglovin’ – Canal Literamigas

Anúncios

Autor: Andresa Lee

30. Macapaense. Ama livros, jogos, doces, cães, Star Wars, conversas, nerdices e Netflix. Além de blogger literária no UDML, faz parte do canal Literamigas no Booktube.

2 thoughts

  1. Oi, Andresa!
    Passando para dizer que adorei sua resenha. Fico muito feliz que você tenha gostado da leitura e agradeço pelo carinho com meu livro e meus personagens.
    Bj no coração!

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s