Livro: “O Segredo da Princesa”, de Carol Marinelli

Oi, oi gente!

Como vocês estão?

O Segredo da PrincesaEssa madrugada finalizei meu 18º livro do ano e 5º do mês de abril: “O Segredo da Princesa“, de Carol Marinelli, traduzido por Ana Rodrigues e publicado pela Editora Harlequin (2019, 192 páginas). O livro foi disponibilizado gratuitamente pela Editora nessa quarentena e, como tinha acabado de ler um thriller e estava buscando uma leitura mais leve, acabei o escolhendo.

Ele conta a história de Leila, que é a princesa de Surhaadi, um país no Oriente Médio. Reclusa e sempre ignorada pela família, principalmente após a morte de sua irmã, Jasmine, ela está desesperada para escapar de uma vida de sofrimento, e decide, em um momento de rebeldia, se mudar para Nova York.

O que ela não esperava é que uma noite inconsequente com o playboy James Chatsfield faria seu mundo virar de cabeça para baixo! Agora, Leila está grávida, e James a pede em casamento para proteger sua honra e seu herdeiro. Mas será que um dia a princesa acreditará que ele a vê como mais do que somente a mãe de seu filho?

O que achei:

Trata-se de um livro curtinho, para ler em um dia. Por isso, a história não é muito profunda e tudo acontece bem rápido. O livro é um romance de banca, que tem uma pitada erótica. Gosto desse tipo de livro, mas esse não me encantou como eu esperava.

Para começar, o romance é do tipo “instalove“, onde o casal mal se vê e já está completamente apaixonado. Esse é o tipo de trama que já me deixa com o pé atrás, por não achar condizente com a realidade.

Leila cresceu em uma família rica e sempre teve tudo e todos fazendo qualquer coisa por ela. Por isso, ela basicamente não tem conhecimento nenhum de vida e é incapaz até de se vestir sozinha. Os comportamentos dela me passaram um jeito infantil e ingênuo difícil de engolir, não condizente com sua idade, como se ela não tivesse qualquer noção da realidade, inclusive sem acesso à informação, mesmo sendo uma história moderna. Ela também é extramente mandona e arrogante com todos, principalmente os empregados.

Por outro lado, ela, virgem, definitivamente não passa essa imagem em sua primeira vez, sabendo exatamente o que fazer e como agir, também um comportamento incongruente com a faceta inocente mostrada anteriormente.

A relação do casal também é estranhamente abusiva para o curto período de intimidade que compartilharam, com direito à brigas, ciúmes, cobranças e agressões físicas, sem contar a depreciação de mulheres que praticam o sexo casual (como se a própria Leila não tivesse feito o mesmo com James).

James, por outro lado, é um ótimo mocinho, de jeito leve e divertido, embora também seja caprichoso, mandão e esconda algumas coisas de Leila, que no geral são feitas pensando em seu bem estar.

Em suma, é uma boa leitura para passar o tempo, sem esperar muita coisa, mas só. Não marquei nenhuma quote que me chamou atenção. Li em e-book e a diagramação está ótima. Exitem alguns poucos erros, como palavras repetidas, mas que não influenciam na experiência de leitura.

NOTA: 2

Um grande beijo a todos e até a próxima!

Continue acompanhando o blog nas redes sociais:

Instagram – Skoob – Twitter – Bloglovin’ – Canal Literamigas

Autor: Andresa Lee

30. Macapaense. Ama livros, jogos, doces, cães, Star Wars, conversas, nerdices e Netflix. Além de blogger literária no UDML, faz parte do canal Literamigas no Booktube.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s