Resenha: DUFF, de Kody Keplinger

Um YA sobre amizade, amor próprio, competição entre meninas, importância dada às aparências, amadurecimento e como os rótulos que colocamos uns nos outros são armadilhas muito perigosas.

Resenha: Nada, de Janne Teller

Após grande aclamação da crítica e inúmeros prêmios, “Nada” é considerado um clássico moderno, tendo vendido cerca de 240 mil exemplares na Alemanha: uma história para refletir sobre o significado de estar vivo, que gera diferentes reações nos leitores.